Em revanche milionária de US$ 1 milhão Douglas Lima deu o troco em Rory MacDonald e reconquista cinturão do Bellator

Foto: Divulgação

O segundo encontro entre o brasileiro Douglas Lima e o canadense Rory MacDonald foi um dos duelos mais esperados no universo do MMA mundial.

Em jogo, o cinturão da divisão dos meio-médios, e nada menos que 1 milhão de dólares (algo em torno de R$ 4 milhões) como prêmio.

A revanche milionária esquentou o Bellator 232 , que aconteceu no último sábado (26/10) em  Connecticut, nos Estados Unidos.

Em  2018, na edição 232 da organização, em uma decisão, considerada polêmica, Rory MacDonald “Red King” derrotou o brasileiro, se tornando naquela ocasião, o detentor da título na divisão.

Desta vez, a história mudou, e  Douglas Lima depois de cinco dominantes rouds, findou o reinado de MacDonald, que fazia sua terceira defesa de cinturão.  

Com a conquista, “The Phenom”  agora se tornou tricampeão meio-médios do Bellator . Façanha até então alcançada pelo peso-leve Michael Chandler, que até então era o único lutador da organização a ser campeão de uma categoria três vezes.

“É importante para mim ser um campeão. É claro que todo mundo pensa no  dinheiro”, disse  o campeão em entrevista coletiva após o evento.

 “Se eu disser o contrário, as pessoas vão dizer que estou mentindo. Isso é importante sim. Mas, o dinheiro vem e vai. Eu acho que isso é um bônus.  Ainda não parece real. Mas isso aqui é real para mim”, disse olhando  para o cinturão conquistado.  

Categorias
MMASem classificação

Deixe uma resposta

*

*

RELACIONADOS