PROJETO SOCIAL DE ARTES MARCIAIS É DESTAQUE EM GOIÁS

Muito além de aprender uma modalidade de artes marciais, o projeto Rocha Combat , está formando campeões para a vida.

Com essa filosofia aprendida, dois alunos do projeto social que está em atividades na sede do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos na cidade de Goianira, município da região Metropolitana de Goiânia, estrearam com sucesso dentro do ringue.

O evento foi o 2º Campeonato Interno de MuayThai da Academia Pitbull Fight, notória pelo trabalho realizado em prol da modalidade na capital goiana. 

 A façanha demonstra que um projeto social voltado para às artes marciais, atuando como ferramenta de socialização de jovens, opera positivamente na formação do cidadão.

O comando dos treinos da equipe Rocha Combat no projeto em Goianira, é de Neide Rocha.

 “Dentro do projeto prezamos principalmente pelos princípios básicos das artes marciais, como disciplina, respeito e união. Fatores que farão com que esses jovens alcancem sucesso dentro e fora do ringue”, afirma a professora Neide, que dentro da modalidade, além de atuar como líder da equipe, exerce à seleta função de árbitra de MuayThai em Goiás.

Victor Vieira tem 15 anos, e acompanhava o irmão no próprio projeto. Decidiu se desafiar como competidor. Sua primeira luta foi válida pela categoria até 52kg.

Jéssica está com 16 anos, e sempre teve paixão pelo MuayThai, e viu no projeto oportunidade de crescimento pessoal. 

Em sua estreia, a jovem que assumiu o apelido de “Esquentadinha”, lutou pela categoria até 48 kg.

A orgulhosa treinadora, garante que é apenas o começo de uma caminhada que tem como função social, despertar jovens para um futuro não apenas no esporte, mais eleva-los a cidadãos produtivos e atuantes na sociedade. 

Categorias
MUAY THAISem classificação

Deixe uma resposta

*

*

RELACIONADOS